sexta-feira, março 1, 2024
InícioEsporteConmebol deve destinar vacinas para clubes da primeira divisão

Conmebol deve destinar vacinas para clubes da primeira divisão

Aquisição de 50 mil doses do imunizante CoronaVac foi anunciada nesta terça-feira, após intermediação do governo uruguaio, e beneficiará torneios masculinos e femininos

Os clubes da primeira divisão dos 10 países associados à Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) devem ser os beneficiários das 50 mil doses de vacina contra a Covid-19 adquiridas pela entidade. A Conmebol anunciou a compra do imunizante nesta terça-feira (13), após intermediação do presidente do Uruguai, Luis Lacalle Pou, com o laboratório chinês SinoVac. As vacinas devem chegar em maio. A doação beneficiará torneios masculinos e femininos.

Para a entidade, além de jogadores, deverão ser vacinados dirigentes e membros das comissões técnicas, sobretudo os que mais participam de viagens. A própria Conmebol vai reter um lote dessas vacinas para imunizar seu próprio pessoal – arbitragem, profissionais que participam da organização dos jogos, tanto de clubes como de seleções. É possível que a vacinação inclua as seleções. A Copa América está marcada para o período 13 de junho a 10 de julho deste ano.

No Brasil, contudo, a logística pode ser mais complexa, segundo o médico e advogado sanitarista, Daniel A. Dourado. “Primeiro, a CBF teria que pedir autorização da Anvisa para poder receber a vacina Sinovac. E, mesmo assim, pela lei vigente (14.125, de 10 de março de 2021), todas as vacinas recebidas devem ser doadas para o SUS para serem usadas no Programa Nacional de Imunizações”, afirmou Dourado, que é pesquisador da USP. Com informações do GE

Fonte: Bahia.ba
Foto: Fotos Públicas

Notícias Relacionadas
- Advertisment -

Mais Populares