quarta-feira, maio 29, 2024
InícioPrincipalCâmera em viatura mostra agentes da PRF rendendo fugitivos de Mossoró; vídeo

Câmera em viatura mostra agentes da PRF rendendo fugitivos de Mossoró; vídeo

Câmera de vídeo acoplada a uma viatura da Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou o momento em que os fugitivos da Penitenciária Federal de Mossoró foram recapturados, na última quinta-feira. As imagens mostram os agentes em perseguição aos carros usados por Deibson Cabral Nascimento, de 33 anos, e Rogério da Silva Mendonça, de 36, além de quatro comparsas.

A dupla foi detida na rodovia BR-222, em Marabá, na região Sudeste do Pará. No vídeo divulgado pela PRF, os policiais perseguem os foragidos em ao menos duas viaturas. Primeiro, uma delas intercepta um carro branco.

Roupa camuflada, bloqueador de carro, cuscuz e fuzis

A Polícia Federal encontrou roupa de camuflagem militar, alimentos, dois fuzis, munições e oito celulares nos três carros do comboio que levava os dois fugitivos do presídio federal de Mossoró.

 

As informações constam do inquérito aberto na PF para investigar como os dois fugitivos conseguiram percorrer mais de 1.600 quilômetros em 51 dias de fuga, do presídio federal de Mossoró (RN) à rodovia em Marabá (PA). O documento foi obtido pelo GLOBO.

Os agentes que fizeram a abordagem relatam que “havia roupas tipo camuflada (verde-oliva militar)” em dois carros do comboio, além de mochilas e alimentos, entre eles frutas, cuscuz e pacotes de salgadinho.

 

“Tudo numa cena própria de quem está viajando sem parar”, descreveu um policial no relato à PF.

 

O agente ainda acrescentou que “foi achado um aparelho eletrônico que supostamente é capaz de bloquear a trava à distância de carros

Além das roupas e alimentos, a PF confiscou dois fuzis 5.56, carregadores e munições. Uma das armas estava na posse de Rogério Mendonça, um dos foragidos de Mossoró. A outra estava escondida no banco de trás de um dos veículos e foi detectada por um cão farejador da Guarda Municipal de Marabá.

 

Segundo as investigações da PF, os dois fugitivos estavam recebendo ajuda de integrantes do Comando Vermelho das regiões Norte e Nordeste – dois dos quatro comparsas presos com a dupla tinham passagens por tráfico de drogas.

 

Os policiais também confiscaram oito celulares que estavam nos carros. A partir da perícia nos aparelhos e veículos, a PF pretende chegar em quem eram os financiadores e os articuladores da fuga.

 

Fonte : O Globo

Notícias Relacionadas
- Advertisment -

Mais Populares