quarta-feira, junho 12, 2024
InícioPrincipalFalha técnica gerou queda de helicóptero que matou presidente do Irã

Falha técnica gerou queda de helicóptero que matou presidente do Irã

A imprensa estatal iraniana divulgou que a queda do helicóptero que gerou a morte do presidente do Irã, Ebrahim Raisi, no domingo (19), foi resultado de uma “falha técnica” em meio às péssimas condições meteorológicas. O modelo da aeronave, fabricada pela empresa americana Bell, não teria recebidos peças de manutenção desde 1986.

No mesmo, teria havido a última negociação secreta entre Irã e Estados Unidos, quando os países teriam trocado peças extras do helicóptero por reféns detidos por grupos apoiados pelo Irã no Líbano.

As condições do clima também foram consideradas para gerar o acidente, que aconteceu em uma região montanhosa, com forte neblina e de difícil acesso, quando a comitiva presidencial retornava de uma viagem ao Azerbaijão Oriental. Raisi não resistiu.

Uma procissão funerária pública será realizada para o presidente e o ministro das Relações Exteriores, na cidade de Tabriz, na manhã desta terça-feira (21). O ministro do Interior, Ahmad Vahidi, disse que os corpos serão levados para Teerã para o funeral oficial.

Notícias Relacionadas
- Advertisment -

Mais Populares