quarta-feira, maio 29, 2024
InícioPrincipalBahia é destaque na Europa por potencial de produção de hidrogênio verde

Bahia é destaque na Europa por potencial de produção de hidrogênio verde

O potencial da Bahia e do Nordeste na produção de energia limpa foi destaque na Cúpula e Exposição Mundial do Hidrogênio 2024, em Roterdã, na Holanda. O estado baiano esteve presente no evento nesta segunda (13) e terça-feira (14) e chamou atenção de investidores internacionais.

De acordo com o governador da Bahia, Jerônimo Rodrigues (PT), a produção de hidrogênio verde (H2V) é considerada como uma solução viável nos próximos anos, inclusive com potencial de criação de demanda doméstica.

“Nós viemos aqui com os governadores do Nordeste, é uma missão nordestina. Isso é importante porque nos une. Cada qual que tem o seu potencial de produção de energia solar, energia eólica. Cada um está fazendo o seu papel, mas, em bloco, temos potencial de convidar esses empresários para investir, criar emprego e renda. E esses contatos, de fato, aconteceram”, disse o governador, que participou do evento nesta semana.

Segundo informações da Secretaria de Desenvolvimento Econômico da Bahia, a partir de dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica(CCEE), a Bahia produz, em média, 30% de toda a energia eólica e 20% de toda a energia solar do Brasil. Considerando a capacidade instalada, a matriz elétrica estadual é mais de 90% renovável.

Em 2023, durante participação na COP28, o governo da Bahia lançou o 1º Atlas do Hidrogênio Verde (H2V) do mundo. O programa é um estudo voltado à formulação de políticas públicas georreferenciadas com o intuito de favorecer a implantação de uma economia do hidrogênio verde no Estado. O documento é fruto de uma parceria entre a Secretaria do Meio Ambiente (Sena) e Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial(Senai)/Campus Integrado de Manufatura e Tecnologia(Cimatec).

Notícias Relacionadas
- Advertisment -

Mais Populares