quarta-feira, maio 29, 2024
InícioPrincipalAtaques de Pitbull levantam debates sobre proibição da raça no Brasil

Ataques de Pitbull levantam debates sobre proibição da raça no Brasil

Nos últimos dias, ataques de Pitbull contra pessoas chamaram atenção e promoveram debates nas redes sociais sobre a criação de cachorros da raça e a convivência deles em sociedade. Para compreender as características dos cães, o Portal A TARDE entrou em contato com especialistas e donos com o objetivo de informar e desmistificar questões que estão relacionadas à força, criação e temperamento dos animais.

Conhecido também como American Pit Bull Terrier, o cão é resultado de um cruzamento entre Bulls e Terriers. Mesmo sem registros oficiais, muitos acreditam que a origem da raça se deu no Reino Unido. Inicialmente, eles foram criados exclusivamente para lutar com outros animais, o que explica a grande força que a mordida desses cachorros pode alcançar.

O médico veterinário e adestrador Rafael Macedo explica que cães da raça Pitbull realmente possuem um grande ímpeto agressivo. Ele acredita que essa característica faz parte da raça por consequência da forma que os cachorros eram utilizados pelos seus donos, dando maior importância para a criação do animal.

Cães da raça Pitbull são banidos ou possuem restrições em cerca de 24 países, como Reino Unido, Espanha, Rússia, Argentina, Itália e Nova Zelândia, por exemplo. Por isso, é comum que após uma sequência de ataques contra humanos, questionamentos sobre a proibição no Brasil sejam realizados. O assunto foi abordado nas redes sociais nos últimos dias.

Notícias Relacionadas
- Advertisment -

Mais Populares